Vai prestar o concurso do INSS? Veja dicas para se dar bem

11-05-2016

No dia 15 de maio, mais de um milhão de brasileiros vão entrar na disputa por uma das 950 vagas de trabalho no INSSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Com 1.087.804 candidatos inscritos, esse já é o segundo concurso mais disputado da história do Brasil.  


Em Montes Claros (MG), 17.193 pessoas se inscreveram para o cargo de Técnico do Seguro Social, que exige formação de nível médio. Para esse posto, são ofertadas 19 vagas no município.


Já para o cargo de Analista do Seguro Social, que solicita formação superior completa em Serviço Social, 604 pessoas estarão na disputa por uma das duas oportunidades oferecidas.


Aplicada pela banca Cespe, atualmente conhecida também como Cebraspe, a prova deve exigir bons conhecimentos por parte do candidato. Por isso, veja a seguir algumas dicas para se dar bem no concurso do INSS:


Conheça o estilo da prova



Famosa no universo dos concurseiros por ser uma banca rígida, o Cespe elabora provas com questões em que o candidato deve julgar as assertivas como certas ou erradas, em que uma resposta errada anula uma certa.


Isso quer dizer que não há perguntas com múltiplas respostas para que se escolha uma correta. É preciso dizer se a frase da questão está certa ou errada e marcar no gabarito. Quem desejar, pode deixar a questão em branco.


Programe seu tempo


Atrasos não são tolerados nos concursos públicos. Lembre-se que as provas serão aplicadas neste domingo, 15 de maio, às 8h para os cargos de nível superior e às 14h para os cargos de nível médio. Chegue ao local de prova com bastante antecedência e administre bem o seu horário, pois os exames terão duração de 3h30.


Faça revisões nessa semana, mas descanse



Deixar para estudar tudo na última hora não vai valer tanto a pena. Aproveite esse tempo para revisar alguns conteúdos e coloque seu sono em dia. Durma bem, pois isso vai ajudar qualquer candidato a ter mais disposição no dia da prova. Cuide também de sua alimentação e evite problemas ou desconfortos no dia da prova.



Não estudou muito? Revise a matéria de Direito Previdenciário



O professor Rodrigo Lelis aconselha o candidato que não estudou muito a revisar o conteúdo relacionado ao direito previdenciário, pois a matéria vai contar com 70 questões de um total de 120. Uma boa forma de dinamizar o estudo é fazer exercícios, simulados e provas anteriores, que são facilmente encontrados na internet.


  • Visto: 191

Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.